EXPOSIÇÃO + Live Painting by Gon e Go Mes

“Existência” é uma reflexão gráfica, um arquivo de pensamentos e imagens díspares, cada fragmento desta experiência pretende ser uma janela aberta a um momento concreto, mas aberto a questões e interpelações em que cada um se pode encontrar ou impor. Estas peças únicas e irreplicáveis de mensagens subversivas, inseridas num berrante cromático primário pretendem ser objeto de “incómodo” mental e visual no espetador.

A exposição já está na Taken. O Live Paiting acontece no sábado, dia 13, às 15h.

Confirma: https://www.facebook.com/events/241575049314136/

Sobre Go Mes

Artista multidisciplinar vocacionado para as áreas de: Ilustração, Design gráfico, Pintura, Escultura, Instalações, Arte Urbana, entre outros são algumas das áreas em que este jovem artista português se apresenta. A diversidade é algo que procura, quer em temáticas ou suportes de expressão, por isso não se limita apenas a uma área de intervenção, procurando inspiração para a sua obra, sobretudo, no meio em que se situa e nas pessoas em seu redor.
A curiosidade pelo mundo que o rodeava enquanto criança introduziu-o ao universo das Artes, pelo qual demonstrou grande paixão e aptidão. A timidez da adolescência obrigou a comunicar entre lápis e papéis, submergindo-se assim no mar da sua imaginação.
Em 2001 entrou em contacto com a cultura Hip-Hop um refúgio que adoptou e ainda hoje está associado com a Makings Crew, colectivo artístico plurifacetado (em constante crescimento), onde expõe a sua visão social e cultural através do Graffiti. A profunda identificação com esta nova cultura extendeu-se ao estudo da Arte pelo ingresso na Escola Artística Soares dos Reis em 2005, onde terminou o curso de Design de Comunicação com especialização em Design Gráfico, passagem académica que proporcionou o desenvolvimento e evolução da sua técnica e conceitos.
Participa em 2008 na constituição da ÁGIL, Associação de Jovens de Lordelo do Ouro, uma associação juvenil de carácter social, artístico, cultural e desportivo, onde desenvolve inúmeros projectos artísticos com a comunidade local. Entre 2010 e 2012 integra a equipa do Projeto Metas da ADILO, Agência de Desenvolvimento Integrado de Lordelo do Ouro, onde intensifica esse trabalho comunitário com as crianças e jovens da freguesia. Através destes projectos tem vindo a ampliar os seus conhecimentos pessoais, artísticos e profissionais com a possibilidade de viajar e trabalhar com artistas nacionais e internacionais, e na colaboração de exposições colectivas e individuais.

Por Bebiana Branco e Mónica Xu